Guia: Como Montar uma Loja Virtual de Sucesso

Se você possui uma loja física ou deseja ser um empreendedor e ter um site de vendas online chegou até o lugar certo. Neste guia iremos te dar uma visão geral sobre o que você precisa saber para montar uma loja virtual de sucesso e começar a faturar.

 

É necessário, antes de mais nada, partir de dois princípios: Quanto pretendo investir? Ou mais importante do que isso, onde pretendo chegar?

Criando um Plano de Negócio

A melhor maneira de responder às perguntas acima é montando um Plano de Negócio bem estruturado.

 

Um plano de negócio exige que você entenda para quem você vai vender, os custos de produção do seu produto, por quanto irá vender, a sua margem, e uma projeção à curto, médio e longo prazo do retorno sobre o seu investimento (ROI).

 

Montar um plano de negócio lhe trará mais clareza na sua operação e valorização do seu investimento.

 

Caso você não tenha um plano de negócio ou nunca ouviu falar, recomendo que acesse este documento completo criado pelo Sebrae, que ensina você passo a passo como elaborar o seu plano.

 

Escolhendo o tipo de plataforma

 

Com o seu plano de negócio montado, precisamos entender como funciona o ecossistema de um e-commerce. Cada serviço contratado pode partir de um fornecedor diferente ou em conjunto e constituirão em custos mensais para a sua operação. Sendo assim, parte essencial na construção do seu plano de negócio.

 

A Plataforma será o seu primeiro fornecedor. É o centralizador do seu e-commerce, onde serão cadastrados seus produtos, meios de pagamento e ferramentas de controle e gestão. Existem hoje três tipos de soluções em plataformas para uma loja virtual.São elas: Open source, On-premises e Saas.

 

Open Source

é uma plataforma de código aberto, ou seja, que disponibiliza seu código fonte gratuitamente através da internet. Isto permite que qualquer pessoa estude seu código fonte para adaptá-lo à atender às necessidades e características do seu projeto com customizações ilimitadas.

 

Em contrapartida, é necessário conhecimento técnico avançado. Contar com mão de obra especializada para uma loja virtual totalmente personalizada encarecerá seu projeto (e muito) se comparado com as demais soluções do mercado. Além disso, a customização total levanta a possibilidade de não entregar uma loja performática.

 

Exemplos de plataformas de e-commerce open source: Magento e Open Cart

 

On-premises

funciona através da compra de licença de uso do software de uma desenvolvedora. Todos os arquivos, dados e programas serão instalados nos servidores da sua empresa ou de terceiros contratados por você. A brecha aqui fica por conta do custo de evolução e manutenção desta solução, necessitando investimentos habituais para fazer atualizações na plataforma, além disso as soluções On-premises não são escaláveis.

 

A flexibilidade ou escalabilidade de uma plataforma é crucial para a tomada de decisão. O que você menos quer é ter uma plataforma que não suporte o crescimento do seu e-commerce e lhe force a migrar toda sua operação. Quais players estão hoje na plataforma? Qual o SLA (Service Level Agreement ou Nível de Serviço) entregue? Como a plataforma se comporta em períodos sazonais de picos de acesso (Black Friday, Natal, Dia das mães)?

 

SaaS

Por fim, temos os modelos do tipo SaaS ou “Software como um serviço” numa tradução literal. Aqui há apenas um código para todos os lojistas que utilizam a plataforma o que reflete diretamente nos custos da sua operação, já que não há custo adicional para novas atualizações, desenvolvimento ou migração para novas versões da plataforma.

 

Aqui todos os processos como atualizações, evolução, armazenamento, manutenção, segurança e escalonamento são assumidos pela plataforma. Encargos que motivaram grandes nomes como Havan, O Boticário, Drogaria Araujo, SONY, e TNG à optar pelo modelo de plataforma SaaS.

 

Destaca-se aqui a constante atualização do software sem custo adicional e a infraestrutura compartilhada, permitindo maior escalabilidade do que as demais soluções.

 

Quando comparamos o custo total das três soluções, custo SaaS está por volta de 3% comparado à 7% das On-premises e Open Source.

 

Exemplos de plataformas de e-commerce SaaS: VTEX, Rakuten e Linx

 

Produção, Logística, Armazenagem e ERP

 

Apesar de boa parte da sua operação se passar no mundo virtual, será necessário pensar na integração da sua loja virtual com a logística do seu produto para chegar até o seu cliente. Destacando o ERP como parte importante para otimização do seu processo.

 

Assim, é relevante que a plataforma escolhida tenha uma API aberta para integrações de novos ERPs. Principalmente para operações que partem de uma loja física e já trabalham com um ERP.

 

É fundamental saber quem fará a entrega dos seus produtos, quais empresas disponíveis para contratação em cada região, os melhores prazos e custos agregados à um bom nível de serviço prestado para satisfação do seu cliente final.

 

Gateway de Pagamento

São empresas que fazem o intermédio do pagamento entre o consumidor e os meios de pagamento disponíveis na sua loja. A contratação de uma empresa que seja responsável por isso traz segurança ao lojista e também ao seu consumidor.

 

Anti-Fraude

 

É indispensável conhecer o seu consumidor, não somente na hora de montar o seu mix de produtos, mas também para garantir um processo de compra seguro para você lojista e para ele. O controle anti-fraude garantirá que as compras efetuadas na sua loja sejam legítimas.

 

Um serviço de anti fraude será responsável por passar o perfil do seu consumidor por uma análise de comportamento. Através do cruzamento de dados é possível validar se a compra é real, evitando o uso de cartões fraudados, clonados ou roubados. Controle essencial pois em compras deste tipo decai à empresa vendedora o prejuízo.

 

Agora que você já tem seu plano de negócios em mãos, levantou os custos e investimentos necessários para o desenvolvimento e manutenção da sua loja virtual, podemos começar a vender! Correto? Quase lá…

 

Layout e Marketing Digital da Loja Virtual

 

De nada adiantará contratar plataforma, gateway de pagamento, anti-fraude, estruturar todo o projeto se a sua loja não tiver tráfego e uma interface atraente. Falta ainda os principais conectores entre você, sua loja virtual e o seu potencial cliente: o Layout (interface e experiência de navegação que sua loja terá) e o Marketing Digital (canais de comunicação que irão divulgar sua loja para seu público alvo).

 

Layout e Usabilidade de uma loja virtual vendedora

guia-loja-virtual-site-vendas

Ter uma loja virtual, em muitos aspectos, assemelha-se à abrir uma loja física. O primeiro passo para começar a vender é atrair clientes. A fachada da loja e estrutura interna deve ser um diferencial.

 

Sua loja precisa atrair seu público alvo e passar a imagem correta sobre sua marca e o que você vende. Este é o papel da agência que cria o layout do e-commerce: criar a “fachada e estrutura” da loja virtual.

 

Ter uma agência de Layout especialista em e-commerce é fundamental no processo de criação da “fachada e estrutura” da sua loja virtual. Na Quatro Digital, estudamos o comportamento do usuário, visando entregar uma excelente usabilidade e o sucesso de converter seus visitante em consumidores.

 

Com base na nossa experiência no desenvolvimento de mais de 140 projetos e cerca de 4 anos de história, proporcionamos uma navegação fluída, intuitiva e uma experiência de compra agradável para nossos lojistas.

 

Ter um layout profissional e personalizado é o que destaca a sua loja da concorrência. Um ponto a mais que poderá definir uma conversão ou a perda de uma venda.

 

Marketing Digital para e-commerce

A agência de Marketing Digital será sua parceira para trazer tráfego qualificado de clientes que buscam os produtos que sua loja virtual oferece. Seu papel é apresentar as melhores soluções para campanhas de links patrocinados e até campanhas avançadas, elevando ao máximo o seu ROI (Retorno sobre o investimento).

 

Neste aspecto é necessário uma agência especialista em Marketing Digital para e-commerce. Quanto mais qualificado for seu público, maior será sua conversão e seu retorno sobre o valor investido. Sempre busque mão de obra especializada para que suas expectativas de vendas não sejam frustradas e sua loja cresça de maneira sustentável.

 

Considerações finais

 

Ter um e-commerce é abrir um novo site para ser um canal de vendas online. Assim como uma loja física, para dar certo exige de você e sua equipe afinco e dedicação.

 

Considere conhecer nossos cases de sucesso para saber como a Quatro Digital ajudou centenas de outras empresas a criar um novo canal de vendas pela internet e crescer.

 

Fale um pouco mais sobre seu projeto com a gente. Clique aqui e envie sua mensagem


A Quatro Digital é o parceiro estratégico da empresa que deseja abrir um site de vendas online. Somos especialistas em layout e implantação de e-commerce. Através de estudos de mercado e segmento posicionamos a sua marca no mercado de e-commerce.

 

Estamos sempre atentos às tendências digitais e usamos das melhores práticas de usabilidade e de implantação, para garantir um bom ranqueamento no Google, essencial para gerar  tráfego orgânico e qualificado para a loja.

 

Converse com um de nossos especialistas e saiba mais como podemos ajudar sua empresa a abrir um canal de vendas online.

 

Extra: Google Analytics para e-commerce

ebook

Tão importante quanto gerar tráfego, é monitorar seus resultados e traçar estratégias eficazes para aumentar o faturamento da sua loja.

 

Através do Google Analytics você terá uma visão detalhada sobre o desempenho da sua. Quantos usuários acessam, quantos realizam uma compra, quantos usam smartphones e onde estão abandonando a jornada de compra.

 

Além disso, você também pode usá-lo para medir o desempenho das suas campanhas de Marketing Digital. Saber quais canais estão trazendo mais conversão e quais campanhas foram mais efetivas e seu ROI (Retorno sobre o investimento)

 

Para entender  melhor como essa ferramenta pode te ajudar, criamos um eBook gratuito com dicas simples, com o que você deve ficar de olho para que sua loja seja uma loja campeã de vendas!

 

Baixar eBook gratuito sobre Google Analytics para e-commerce

Artigos Relacionados

2 thoughts on “Guia: Como Montar uma Loja Virtual de Sucesso”

  1. Pingback: Como atrair e aumentar o faturamento da minha loja virtual - Vender mais

  2. “palavras de Motivação”

    Tente uma, duas, três vezes e se possível tente a quarta, a quinta e quantas vezes for necessário. Só não desista nas primeiras tentativas, a persistência é amiga da conquista. Se você quer chegar aonde a maioria não chega, faça o que a maioria não faz.

    Lembre-se que é enfrentando dificuldades que você fica forte. É superando seus limites que você cresce. Se você não venceu ontem, não se preocupe. Vencerá hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *